<$BlogRSDURL$>

quarta-feira, abril 28, 2004

universidades pt. 2

venho por este meio comunicar algo que me preocupa imenso na minha universidade: o calendário escolar foi mudado para que os excelentíssimos estudantes tivessem a oportunidade de também assistir ao rock-in-rio-lisboa a par da queima das fitas que se realiza na semana anterior e não na semana coincidente, como inicialmente estava previsto.
mas quer dizer, uma gajo mama com um aumento de propinas do tamanho do mundo, mal tem dinheiro para comer, comprar material escolar, fotocópias, afins, e se, e só se sobrar .50€ é que bebe uma jola na tasca do manel dos potes; agora, onde é que vou arranjar 50€ para ir um dia ao rock-in-rio-lisboa (considerando a hipótese remota de ir lá um dia)? tudo isto uma semana antes da queima das fitas cá do sítio. até parece que andam a gozar com as pessoas.
de qualquer das formas prescindo lá da coisa e tal em lisboa, mas mudar um calendário escolar por um festival a que cerca de 10% dos alunos vão, quer dizer, não é coisa de gente inteligente (até daria um bom ensaio sobre o estado da educação em portugal, mas enfim).

ele há coisas que não lembram ao diabo.
Manda para dentro da mala.

terça-feira, abril 27, 2004

Yo

Pessoal da Mala -> este blog é muito bonito!
Piston Assassino -> Como foste capaz de fazer uma crónica ao espectáculo do rei da mpp sem referir a maior canção deste Dom Juan (Simon)? Sim meu caro, aquela bela melodia em que ouvimos: "uma lady na mesa\ uma louca na cama\ com a maior safadeza\ vôce (ele dá-lhe com força no OO) diz que me ama" ou ainda "E na minha cabeça\ desvario em loucura\ quando vôce começa\ já ninguém a segura". Saliento que o "vôce" e o "desvario em loucura" me despertam uma agradável sensação de euforia.
Será que o MP não cantou a "Taras & Manias"? Confesso que não sei. Mas caso a tenha cantado, não deixa de ser uma falha! Deves aplicar-te com mais intensidade no desempenho das tuas funções - é para isso que te pagam!

Agora vou à massada! Eu sei que vocês acham piada ... Eu também achava!
A verdade é que a minha viagem de finalistas foi muito mais do que a designação sugere.
Para lá de ter sido uma viagem que ninguém ousa fazer. E de ter um destino só ponderado em algumas mentes. A verdadeira essência desta epopeia, revela-se a cada um de nós nas mais belas e sinistras maneiras.
No início, havia um grupo de pessoas que esperavam a hora da partida.
Fomos em carros. Eu levei um carro que não é meu. É da minha mãe! Como podem verificar na foto, conduzo sempre em grande estilo, de forma a inspirar um misto de segurança e boa disposição a todos os meus companheiros de viagem.



Vou incluir outra foto para poderem ver melhor o carro. Bolas, que bonito é o carro da minha mãe! Reparem bem no jogo de luz e sombra que um carro destes faz com a minha imagem de rapaz civilizado e bem parecido.



Também tivemos alguns dissabores. Eu bem tomo os comprimidos e vou a todas as sessões de terapia em que todos de mãos dadas gritamos bem alto "NÃO IREMOS ROUBAR MAIS SINAIS!". Mas quando vejo um "sentido proibido" não consigo resistir à tentação de o juntar à minha parca colecção. Na figura não estão visíveis os meus colegas de curso que suplicam para que eu deixe o vício. Pelo menos em viagem de finalistas.

O meu colega: VAIS LARGAR ESSE SINAL?!
Eu respondi: É assim ... SIM! ... LARGO!

E AI EU LARGUEI!



oUTRO EPISÓDIO HILARIANTE, FOI QUANDO ALGUNS DE NÓS DORMIAMOS UMA (MERDA DO CAPS-LOCK) sesta e alguns carros tentaram passar por cima de nós. Sobrevivemos!



No final de um bom jantar tivemos mais uma revelação, como qualquer bom profeta temos o dever de ver revelações em tudo o que mexe. Ou não! As fotos seguintes mostram os logótipos da recém fundada religião/empresa o "Pipismo". Reparem que todos os mistérios se relacionam com o número 4. Os 3 mosqueteiros são 4, os 3 estarolas também assim como tantos outros. Lembro-me agora de um "Duarte & Companhia", dum "Graciano Saga", dum "Clemente" ... Todos eles são sempre 4.



Reparem que até os amendoins podem ter 4 nomes ou mais ... Alcagoitas, ervilhanas, minduíns, threeboys ("trêmoços") ...



Sem duvida o mais belo dos símbolos revelados, uma birra:



Imagino como todos vós deveis estar entusiasmados com as minhas pequenas rábulas. Contudo precisam de provas mais concretas. Eu vou dá-las! Sim, ouviram bem! Eu vou mostrar aquilo que vocês querem ver e não têm coragem de olhar. A luz está na minha mão ... A luz do SOL desceu até mim! Eu senti migalhas do seu poder ... Vejam com os vossos olhos



Outros há que ... Pronto! ... Como se diz? ... Bem, a luz sai mais por baixo.



Compreendo a pressa que sentem. "Tem calma irmão" (estou a ouvir Mão Morta) Para começar o caminho da luz, para verem o verdadeiro SOL, sejam pacientes. Comecem com o donativo ... Mais uma vez o 4 está sempre em todo o lado. Chega a ser mágica a presença de tão misterioso algarismo. Ponham o donativo como está ilustrado na figura para eu poder recolher quando tiver a possibilidade e bondade de estar entre vós.


(este foi o meu sustento, pode também ser o teu um dia ... pensa nisto)

Antes de terminar quero deixar mais uma prova de que acreditar por vezes não é tudo. Fotografei um ovni na praia de Armação de Pêra, está desfocado mas percebe-se muito bem onde esta ele. Procurei os ocupantes por toda a parte ... Sou levado a acreditar que estavam na tasca próxima (50 metros) a beber umas minis (onde eles andam não existe tão precioso néctar)



Tenho dito

Manda para dentro da mala.

segunda-feira, abril 26, 2004

Pois é, vinha eu aqui cheio de boas intensões publicar as minhas sensações de sabado quando me deparo com um post que me deixou chocado para não dizer muito triste mesmo!
Parece que esse (agora) gafanhoto maroto gosta de se contradizer! Não percebo, primeiro diz que tinha uma decisão dicifil para escolher entre:

a) ver marco paulo;

b) ver a estreia dos amigos;

c) ver jorge palma

e depois diz "a hipótese a) estava automaticamente excluída..." (começo a pensar que este rapaz tem um problema qualquer).

Mas o pior veio a seguir quando ele sai-se com esta "...visto que não tinha o mínimo interesse de ver aquilo, aquele, o que quer que seja". Isto é muito grave amigos, ele estava-se a referir ao musico, ao artista, ao homem MARCO PAULO!!! Isto entristece-me, e muito.
Não saberá este jovem dar valor à musica portuguesa? Não saberá este jovem reconhecer 35 anos de carreira de um artista que inclusivé já passou por uma doença gravíssima, mas continua a encher-nos de boa musica? Não saberá este jovem apreciar o conteudo de letras com as quais qualquer pessoa se identifica? Ou será apenas inveja por não ter ido e sentir sensações como:

1 - cantar alto e bom som " e chegou, chegou a noiva, vinha vestida toda de branco..." ou "de quem eu gosto, nem às paredes confesso, e até aposto que não gosto de ninguem..." ou ainda (o clássico) "eu tenho 2 amores, quem em nada são iguais..."

2 - ver e ouvir o Marco Paulo a cantar "Nossa Senhora me dê a mão, cuida do meu coração..." enquanto olhava para a cobertura do pavilhão polidesportivo de Santo António das Areias!

3 - gritar "e salta Marco, e salta Marco, olé, olé" e ver o Marco Paulo a saltar em pleno palco!

4 - no final do concerto gritar "só mais uma, só mais uma" e ser compensado com "Oh Joana, pensar que estivemos tão perto, dos sonhos agora desperto..."

5 - ver retribuido todo o apoio com um autografo personalizado



6 - tirar uma foto com o Marco e os meus amigos (brevemente disponível neste blog).

7 - gritar "e salta Marco, e salta Marco, olé, olé" e ver o Marco Paulo a saltar em plenos bastidores!

Enfim, só não sabe o que é isto quem não esteve lá! E dos que estiveram todos gostaram... eu diria mesmo que ficaram maravilhados e certos que foi um excelente programa!

Força Marco Paulo!
Manda para dentro da mala.

domingo, abril 25, 2004

Já aqui tanto se falou desse grande senhor que é o nosso Marco Paulo( e digo nosso, porque ele é de todos os portugueses e não só, visto estar lá uma alemã mais fã que todos nós ) e as unicas palavras que eu tenho para descrever a noite de ontem é que aquilo foi simplesmente fabuloso. A sua maneira de agarrar o microfone, a sua maneira de cativar o seu público, a sua maneira de cantar e de dançar, é genial.
Apenas escrevo hoje para mostrar o meu grande apreço por aquele SENHOR.
Três vivas ao Marco Paulo

viva, viva, viva
Manda para dentro da mala.
Ontem fez-se história.

Primeiro, vamos a uma matiné numa discoteca (coisa que eu pensava já nem sequer existir), em que a média (e sublinho média porque havia tanta gente pequena) de idades era de 12 anos. Enquanto ouvíamos as músicas pela primeira vez, sentados a beber uma imperial, os miúdos ensaiavam coreografias desajeitadas mas conhecidas de todos.
Depois foi o Benfica. Entramos no café para beber mais uma mini e o Benfica marca imediatamente um golo. Chegou a marcar mais dois, o que interessava era mesmo ganhar.
Chegamos ao restaurante, que segundo parece, apenas abriu há 2 dias. O serviço tenta ser esmerado mas a desorganização ainda é muita. Quem marcou o jantar encomendou, pasmem!, cozido à portuguesa para toda a gente. Nunca vi tamanha bizarria. Bebemos 'calimochos' (para os leigos, vinho tinto com coca cola) e lá comemos o que iam trazendo a espaços.
Depois mais futebol. Sentados numa das barracas que vende bifanas, ao lado do torrão de Alicante e do algodão doce, assistimos à derrota do Sporting e festejamos a igualdade de pontos conseguida pelo Benfica. Bebemos mais uma mini para comemorar.
E depois é que foi. Corremos, muito apressados, para um pavilhão que parecia fugir de nós. Corremos porque o Grande Marco Paulo tinha já começado o espectáculo. Conseguimos um lugar mesmo na fila da frente e por isso cantámos, gritámos, acenámos e vibrámos com este senhor. Mas o melhor estava ainda para vir. Tivemos acesso ao camarim (improvisado, é certo) e direito a autógrafo da banda toda. Mas o melhor estava para vir (sim, ainda). Marco Paulo recebeu-nos a todos e conseguimos tirar foto de grupo com ele e individual, para quem quis!! Escuso de dizer que eu quis mesmo muito... Levei 4 beijos dele e gostei!
O que veio a seguir tinha à partida perdido a piada. Nada podia ser melhor que aquele encontro nos camarins. Entrou a banda espanhola em palco, sem muita noção do que é realmente música de baile e não tardou muito a voltarmos para casa. Valeu tanto a pena :)
Manda para dentro da mala.

sábado, abril 24, 2004

decisões

estava eu, neste final de tarde a preparar-me para assistir à estreia da peça de teatro da minha antiga companhia quando de repente, toca o telefone: "então pá, queres vir ver jorge palma a almada, é de borla?"
e pensei para mim: 'ora porra, já é o terceiro convite que me fazem para hoje.' anteriormente já me tinham convidado para ver marco paulo, o mesmo concerto que a Super Nita vai assistir.

decisão difícil:

a) ver marco paulo;

b) ver a estreia dos meus amigos;

c) ver jorge palma.

a hipótese a) estava automaticamente excluída, visto que não tinha o mínimo interesse de ver aquilo, aquele, o que quer que seja. e depois vem a decisão difícil, o jorge palma + amigos ou os amigos da antiga companhia.
decidi-me pelos amigos da antiga companhia, lamento jorge ficará para outra altura; os amigos que me convidaram para ir a almada, que me desculpem também, mas isto era mesmo importante.

de qualquer das formas, qualquer dos programas seria sempre com amigos e todos eles eram verdadeiros AMIGOS.

muita merda.


Manda para dentro da mala.
Ah pois é!

Comunidade internauta, hoje a mala e o pessoal que a acompanha vão ter o previlégio de assistir a um dos espectáculos mais esperado de sempre. Tive apenas ao meu alcance a oportunidade de ver este artista uma vez, nas festas da nossa cidade. Mas, como chovia torrencialmente, fui pelos meus pais obrigada a ficar em casa, ouvindo o concerto no meu pequeno transístor, dentro da cama (talvez o facto de eu só ter 9 anos não tenha ajudado grande coisa quando perguntei se podia ir sozinha).
Tantos corações já partiu este galã à boa moda antiga e continua ainda a conquistar os corações daquelas velhotas que passam as tardes na soleira da porta. Não canta música pimba: ele é, por excelência, um cantor romântico.

Senhoras e Senhores, o sempre sedutor João Simão!


Manda para dentro da mala.

sexta-feira, abril 23, 2004

As únicas vezes que posso escrever no blog são quando estou em casa de fim de semana. Ou na faculdade, se algum erasmus levantar o cú da cadeira e acabar de falar com a família e amigos. Só que quando estou cá ou estou demasiado ressacada para ser criativa ou então arranjo sempre mais 52 mil coisas para fazer. E é frustrante ter incentivado o pessoal a participar, se depois não consigo contribuições dignas do nosso blog.

- Ele há coisas -
Manda para dentro da mala.

quarta-feira, abril 21, 2004

Ailô!

Pois é venho hoje aqui transmitir uma sensação que me ocorreu durante a minha viagem de autocaravana nas mini férias da Páscoa. Podia ser uma das 1001 sensações boas que tive, mas só por acaso, nada mais que o acaso, é uma sensação má... a sensação de ser enganado!! Por isso amigos, alerto-vos: NÃO VISITEM A FORTALEZA DE SAGRES. Epá, é que não visitem mesmo porque é um ganda barrete.
Um gaijo pensa que vai ver coisas giras e enriquecer a cultura sobre a história de Portugal, para depois fazer sucesso com os amigos e dizer: "sabem que na Fortaleza de Sagres aconteceu isto, e foi lá que o outro derrotou aquele e coisa e tal... ". Não, aquilo não tem nada de interessante! Ora vejam:



Passo a legendar (por ordem de visita):

1 – Exposição de pintura e fotografia (mas eu não paguei para ver uma exposição, ainda por cima nada tem a ver com a fortaleza e não é nada interessante). Dos poucos dizeres que li apanhei logo este:



O que vale é que os “camones” não sabem ler Português!!!!!

... continuando a legenda:

2 – Não sei, estava fechado (também nem me interessa)

3 – Farol (acho eu, pelo menos era a coisa mais parecida que me veio à cabeça)

4 – Igreja (com a tinta a cair das paredes, meia dúzia de bancos e um mini altar... não tirei foto porque nem merecia!)

5 – Para finalizar a visita, e cheio de esperança que no último edifício que ia ver é que estava toda a riqueza cultural, eis que me deparo com..... restaurante W.C. e lembranças! (Depois de um barrete destes ainda querem que eu compre uma lembrança...)

No resto da fortaleza, e digo-vos que é bastante grande, são 3 ou 4 canhões (fiquei entusiasmadissimo por ver canhões pela primeira vez na minha vida... sim, canhões do género dos do castelo de Marvão!) e calhaus (ainda hoje estou para perceber para quê tanta calhau no meio de uma fortaleza!).



Isto já para não falar de toda a polémica que rodeou a construção dos edifícios 1 e 5 (da primeira figura). Como é possível deixarem construir 2 edifícios com arquitectura modernos dentro da fortaleza com não-sei-quantos anos (não vi em lado nenhum a data da construção da dita fortaleza), imaginem que ao lado do templo de Diana em Évora construíam um C.C tipo Colombo....

É por essas e por outras que cada vez mais tenho orgulho, orgulho, orgulho em ser... Alentejano (já tavam a pensar “uma vaca”)

Mas para aqueles que ainda assim estão tentados a ir lá (os malucos), apressem-se, pois até aos 25 anos pagam 1,50€, depois pagam 3(TRÊS)€... isto são 600 paus na moeda antiga!! ( e pensar que para visitar Marvão não se paga nada...).

P.S. Vocês sabem que eu não digo mal, eu não sou desses!

Manda para dentro da mala.

domingo, abril 18, 2004

recados de universitários


vinte e cinco coisas que deves saber antes de entrar para a universidade:

1::não importa o quão tarde é a tua primeira aula, tu vais chegar atrasado e dormir durante a mesma;

2::vais mudar completamente e nem vais reparar;

3::podes amar várias pessoas de maneiras diferentes;

4::alunos da universidade também mandam aviões de papel durante as aulas;

5::se assistires às aulas calçado, toda a gente vai perguntar por que foste tão chique para a faculdade;

6::cada relógio da universidade mostra uma hora diferente;

7::se eras inteligente no secundário... azar o teu;

8::não importa tudo o que prometeste quando chegaste a casa na última directa que fizeste, vais continuar a ir às festas da faculdade, mesmo que sejam na noite anterior à prova final;

9::podes até saber a matéria toda e saíres-te mal na prova;

10::podes não saber nada da matéria e tirar dez;

11::a tua casa é um óptimo lugar para se visitar;

12::a maior parte da tua educação é adquirida fora das aulas;

13::se nunca bebeste, vais beber;

14::se nunca fumaste, vais fumar;

15::se ainda és virgem, deixarás de o ser mais cedo ou mais tarde;

16::se não fizeres nada disso durante a universidade, não o farás nunca mais na vida, a não ser que faças um novo curso;

17::vais tornar-te numa daquelas pessoas que os teus pais disseram para não te meteres com elas;

18::psicologia é, na verdade, biologia;

19::biologia é, na verdade, química. química é, na verdade, física. e física é matemática;

20::ou seja, mesmo depois de estudar anos, não vais saber nada;

21::sentir que depressão, solidão e tristeza, não são frescuras de quem não tem nada que fazer;

22::que vais sempre prometer que no próximo semestre, vais estudar mais, ir a menos festas, ir a todas as aulas, mas que acontecerá sempre o contrário;

23::as únicas coisas que compensam a universidade são os amigos que se fazem lá;

24::não verás a hora de terminar a universidade;

25::e quando terminares, perceberás que foi a melhor época de toda a tua vida.


sugestão recebida por mail de um colaborador estrangeiro.


só já falta um ano e meio, *snif*
Manda para dentro da mala.

sábado, abril 17, 2004

serve a presente para dar conta de que:

1. voltei
2. não queria ter voltado
3. já que voltar era uma fatalidade inevitável, é possivel que aproveite a desgraça do regresso e escreva alguma coisa de jeito por aqui, ou talvez não
4. não queria ter voltado
5. hablo espagnol mejor que en ultimo año
6. digestão em grego diz-se "pepsi" e "cipofuser" é atacador em húngaro. mais: "pina" quer dizer ananas em espanhol mas em húngaro, lá está, quer dizer pachacha.
7. já disse que não queria ter voltado?!?

Manda para dentro da mala.

quinta-feira, abril 15, 2004

isto não lembra a ninguém

terei que corroborar a opinião da Super Nita, isto tem estado aborrecido de morte. portanto, como promotor das maiores polémicas deste humilde blog, venho por este meio lançar mais uma.

havia necessidade de afirmar o óbvio?
não, claro que não. uma publicação medíocre em qualidade e quantidade para nos informar que isto tem estado parado, algo que todos nós sabíamos. é verdade que durante as tardes de primavera as ideias eram muito mais férteis e interessantes; agora chega aqui esta miúda a dizer o óbvio só para dizer que "prontos, isto tem estado parado, não sei o que prefiro".

Super Nita, é óbvio que todos nós sabemos que tu preferes as discussões descabidas e as polémicas acesas, fazendo das tuas minhas palavras, todos nós preferimos. não havia necessidade de afirmares que tinhas dúvidas sobre qual preferias; aliás, tu própria assumiste um papel de moderadora, achando que nós não nos sabíamos controlar. portanto, não mintas, não mintas!!!
"The Big Brother is watching you."

to be continued...
Manda para dentro da mala.
Agora que as férias começaram para uns e acabaram para outros, parece que tudo acalmou por aqui. Já não existem polémicas descabidas e discussões acesas.. Nem sei o que prefiro: se o blog assim estagnado ou se bombardeado com questões inúteis :) Ah e vivam os dias de sol em Portalegre!
Manda para dentro da mala.

sábado, abril 10, 2004



No outro dia, fui tentada por outros membros deste blog a assistir a um espectáculo de karaoke num bar da nossa cidade. Quase arrastada (não, tou na brincadeira) lá fui até lá e assustei-me logo à entrada. Não havia espaço para mais nenhuma pessoa, a não ser que quiséssemos ficar com os pés no ar. A média de idades da não ultrapassava em muito os 18 anos (que sendo uma idade linda, não chega para ser razoável). No intervalo das prestações amadoras, vinha a surpresa da noite, a tipa porque todos esperavam. Ao som dos cds do Caribe Mix (com músicas chamadas Papichulos, Freaky Freaky e outras que tais), ela subia para o estrado e mostrava o seu bronzeado de solário, o seu umbigo adornado com o respectivo piercing. Muitos passos de dança faziam corar as raparigas que trabalham naquelas casas em Bragança (e em tantos lados neste país, sejamos francos). E eu sentia-me num mundo paralelo, com toda a gente a cantar músicas que nunca ouvi na minha vida e a fazerem coreografias que me deixaram embasbacada.
Auge foi quando a (já) saudosa animadora, numa das suas intervenções brilhantes, diz a um 'karaokista': 'Ó Junior vai mas é dar sangue!', frase cujo o sentido ainda hoje não percebi.
Manda para dentro da mala.
vai uma aposta?

a lotaria não sai esta semana porque eu não joguei. mas não fiquem tristes amigos, depois patrocino um cruzeiro de um ano para nós todos, mais a miranda, claro está.

fica para a semana
Manda para dentro da mala.
momento musical

assumo que todos os participantes neste blog são interessados por música, cada qual terá os seus gostos, mas no fundo somos todos amantes de música. daí que venha por este meio sugerir uma compilação para fazer em casa, dizendo o nome da música, o autor e por fim o álbum onde deve encontrar a respectiva música.
esta publicação musical tem também origem num estudo de mercado que estou a fazer tendo em conta a criação da minha própria editora, a 'CãoAfiadoRecords'.

a compilação terá o nome de "blury perception" e será a terceira parte de uma série de 3 compilações. as duas primeiras serão publicadas, mas cada coisa a seu tempo.

01. ema - alla polacca - 'not the white p?'
02. velocidade escaldante - mão morta - 'vénus em chamas'
03. the moon - the microphones - 'the glow pt. 2'
04. small things - lali puna - 'faking the books'
05. that woman - migala - 'deciembre, 3 a.m.'
06. surfin' on a rocket - air - 'talkie walkie'
07. viaje universal - flood - 'tejo beat'
08. lullaby for hamza - robert wyatt - 'cuckooland'
09. fog (again) (live) - radiohead - 'com lag'
10. rub 'til it bleeds - p j harvey - '4-track demos'
11. 40 ft - franz ferdinand - 'franz ferdinand (uk)'
12. apples in the trees - mirah - 'advisory committee'
13. behold! the night mare - the smashing pumpkins - 'adore'
14. drivin' on 9 - the breeders - 'last splash'

e fica ssim dada a minha primeira sugestão, outras virão decerto. quaisquer reclamações ou sugestões devem ser publicadas no blog ou para o mais tímido em sons_azuis@sapo.pt
naturalmente as reclamações e sugestões serão defendidas, assim como a escolha das presentes canções.

enjoy
Manda para dentro da mala.
alguns reparos meu caro Piston

ao ler a tua publicação dei por mim a pensar onde é que tinhas ido encontrar tantas ideias falsas, tantas idiossincrasias. facto é que são falsas, indubitavelmente; aqui me encontro, mais uma vez, a limpar o meu nome que os espíritos ímpios e invejosos tentam, a todo o custo, conspurcar.


sobre Primeiros: não fui eu quem convidou a Super Nita para organizar o meu casamento, ela é que impingiu os seus préstimos, pagando para que fosse ela própria a organizar, e já diz o ditado 'a cavalo dado não se olha o dente';

sobre Segundos: foi o sítio que nos ocorreu, visto que os meus amigos são pobres e não podem voar até à austrália para ir a um casamento, vêm os amigos da miranda, naturalmente mais prósperos (e no alentejo, porque é a minha terra natal);

sobre Terceiros: a questão das mamas não foi algo que tenha provocado, foi algo que me aconteceu e isso nunca pôs em causa o meu amor pela miranda;

sobre Quartos: eu pediria em casamento, simplesmente ela adiantou-se devido ao meu magnetismo animal, ao meu carisma sexual;

sobre Quintos: não é incoerência nenhuma, ele era um amigo, pensava que era heterossexual e revelou-se, pronto, escusado será dizer o quê, tens que ter atenção às coisas que lês (mas esse problema já está resolvido, acabado);

sobre Sextos: digamos que todos nós sofremos com a informação desregrada que circula na world wide web e a tripla publicação foi consequência disso e de um descuido informático, desde já as minhas desculpas.


espero que as tuas dúvidas estejam satisfeitas, porque, em momento algum, senti que me querias mal, por isso achei que seria de bom tom e de boa educação explicar-te todas estas razões.

tenho dito
Manda para dentro da mala.

sexta-feira, abril 09, 2004

espírito do dia

um amigo meu, ateu, totalmente céptico no que diz respeito ao espírito cristão e religioso teve, hoje de manhã, uma epifania.
rapaz jovem, raramente sai da cama antes das 14h, 15h, levantou-se por volta das 8.30h e foi passear junto dos carris de uma linha de caminho-de-ferro, concerteza a pensar na vida e na direcção que esta toma. quando, horas mais tarde, se juntou a nós, relatou-nos a sua experiência a revelou-nos a sua epifania: "caldo-verdisco é o mesmo que caldo-verde, mas com sabor a marisco".
calculei eu na minha inocência que o seu espírito estaria ligado à sexta-feira santa, falava em comida que não carne, estávamos perante um momento de conversão religiosa.

mas não, depois de sairmos de casa fomos todos comer um hamburguer. lá foi a religião dar uma volta.

'ganda' pontapé na bíblia
Manda para dentro da mala.
ó meus amigos.... o que o alcool faz às pessoas, quer dizer, vai uma pessoa, não é? beber uns copos e coisa e tal, à terra de uma amiga, e publicam logo estas fotos, quer dizer, já não se pode ir a lado nenhum sem que as pessoas digam " bem, isto é assim e coisa e tal"
mas o que é isto? quer dizer, isto assim não pode ser pá! e depois uma pessoa vai lá e quê, e o que é que as pessoas dizem? à pois é!!!!
quer dizer....
Manda para dentro da mala.
capitular?! erh... talvez

pois que seja este mundo da internet uma procriação fantástica de calúnias e noticias duvidosas, pasquins infectos que publicam qualquer coisa para vender.
não interessa; não centro a minha atenção em publicações semelhantes ao "crime", "o diabo", "paranormal" e publicações afins, pois isso seria dar valor a algo que não tem valor, cuja atenção é um desperdício de tempo e cujas notícias são totalmente infundamentadas.
de qualquer das formas não dispenso mais tempo nesse assunto e no outro que lhe deu origem, coisas sem importância, pormenores e calúnias da internet.

mas mais uma palavras sobre a beleza da miranda e temos o caldo entornado, arranjamos aqui um trinta e um.

fiquemos como estamos, fifty-fifty
Manda para dentro da mala.

quinta-feira, abril 08, 2004

Desta vez, mais do que um evento, a SuperNita Produções propõem hoje algo totalmente diferente. Não sabe como animar as suas festas e ocasiões religiosas? Está farto do Mana ao microfone ou do decadente Duo Carioca? Pretende transformar os seus acontecimentos em momentos de pura diversão, sem malícia, com qualidade? Fica aqui a nossa proposta.


Manda para dentro da mala.
Meus amigos, não queria eu assumir o papel de moderadora ou algo parecido. Mas pelos vistos é preciso que alguém alerte para o conteúdo dos posts que temos vindo a ler.
Se é suposto discordarem e criticarem os outros, façam-no pelo menos de uma forma construtiva e saudável. E não centrem a porra do blog em discussões infantis mas antes em coisa mais prazerosas e divertidas. Aposto que estão todos ansiosos para ver o que a SuperNita.com tira de dentro da mala...
Manda para dentro da mala.

quarta-feira, abril 07, 2004

FIQUEI CHOCADO!

É muito triste que um amigo interprete desta forma os nossos dizeres e intenções. Pensava que uma amizade se baseava no conhecimento que temos uns dos outros, na confiança mútua, na capacidade de entendimento entre duas pessoas, mas pelos vistos, isso nem sempre acontece.
Quando eu ontem disse, “Quem sabe ela não encontraria assim algo melhor???”, não me estava a fazer à nossa amiga Miranda, até porque nem a acho nada de especial (bem pelo contrário, acho até que é uma pessoa toda produzida para ficar com cara de boneca, que sem maquilhagem mais deve parecer dois campos de golf, com a quantidade de buracos que tem na cara). Para me fazer à gaja de um amigo meu, não seria à Miranda, mas sim à Júlia (Piston Assassino, está descansado que eu não sou assim, não faço essas coisas).

Mas não, não foi isto o que me deixou chocado. Isto apenas me deixou bastante triste. O que me deixou realmente chocado, foi o que encontrei numa pesquisa por este maravilhoso mundo que é a Internet (mas que também tem coisas destas). Apenas vos divulgo isto para que estejam protegidos, para saberem com o que podem contar, e não para denegrir a imagem de ninguém. Ora vejam se não é de ficar chocado. Acedam a http://miguel.ceia.foipreso.com, e digam o que sentem.

Realmente…

Manda para dentro da mala.
poema de amor para a miranda otto


miranda otto
és uma brasa
vamos embora
vamos para casa

miranda otto
fazes-me feliz
vamos viver juntos
e ter um petiz


tradução:

miranda otto
és uma bonitona
excitas-me tanto
só te quero dar na cona

miranda otto
adoro o teu buraco
anda cá depressinha
a ver se to escavaco


são coisas do amor.
Manda para dentro da mala.
Espero que não tenham ficado com má impressão minha por ter entrado aqui a dizer mal. Vocês sabem que eu não sou desses. Hoje, por exemplo, podia entrar aqui e dizer mal da Fanfarra das Amibas, até porque:

Primeiros - Quem lhe organiza o casamento é essa tal de Super Nita (só por si isso já é bastante mau)

Segundos - Vai casar com uma Super Star e diz, todo contente, que afinal a recepção já não é no Leitão mas sim no Curral da Nora (não havia sitio melhor...)

Terceiros - Interrompe os planos do casamento com a pessoa por quem se diz loucamente apaixonado para falar das mamas de outra gaja (MAS O QUE É ISTO !?!?!?!)

Quartos - Como se pode ler na última publicação dele foi a Miranda que o pediu em casamento... (mas quem é este "cavalheiro" ?)

Quintos - Acusa o Castor de lhe roubar a noiva, chama-lhe Gay e ainda o trata por amigo (que raio de (in)coerência é esta?)

Sextos - Se não bastasse ser aborrecido ler 1(UMA), eu repito, 1(UMA), eu repito, 1(UMA) vez a publicação deste "ser", temos que gramar com a publicação 3(TRES), eu repito, 3(TRES), eu repito, 3(TRES) vezes. A fazer lembrar o anuncio de um dentifrico que irritantemente passava na T.V. (serão inflências do Castor?)

Podia dizer isto tudo, mas eu não venho aqui para dizer mal dele, eu não sou desses. Venho aqui porque hoje é dia 7 de Abril. E perguntam voces o que tem de especial o dia 7 de Abril (O que tem de especial o dia 7 de Abril?), é nesta linda data que a melhor mãe do mundo faz anos (não, a vossa mãe não faz anos hoje!)... pois é, a minha mãe completa hoje mais uma primavera (e isto tem todo o sentido porque ela faz anos na primavera!). Por isso, e apesar da probabilidade de ela ler isto ser muito baixa, eu diria mesmo nula, deixo aqui a minha Homenagem a essa mãe maravilhosa. PARABÉNS.
Manda para dentro da mala.
ai o quaralho

foi por meio deste blog que vi uma coisa que me entristeceu deveras. um amigo, caro castor, tentava fazer a folha à minha noiva, logo agora, 5 meses antes do casamento. amigo castor, estou triste contigo, que ganhas tu em destruir a minha felicidade e a felicidade daquelas que me pediu em casamento? amigo!, há mais ondas que marés, há mais pedrinhas no rio, há mais salsichas que porcos (patrocínio da salsicharia camejo).
no entanto, e aquando as minhas pesquisas na internet, descobri que o nosso amigo castor é detentor de uma passado televisivo; descobri também um argumento usado num dos seus mais famosos gags, o dentífrico seminal, passo a escrever:

homem (h) - olá senhor castor!
castor (c) - olá!
h - tem uns dentes tão rijos e brancos...
c - é de roer muitos madeiros!
h - madeiros?
c - sim, a extremidade meridional do corpo masculino.
h - ahn?!
c - sim, sou paneleiro e brochista e uso dentagard seminal!

pois é caro castor, estas coisas que circulam na internet. quem diria que terias uma vida televisiva tão interessante dentro do género hard-core-soft-core-porno-gay.
amigo castor, tenta arranjar alguém, essa história de roer madeiros é muito foleira. arranja uma gaja, que não a minha, está claro.

loucamente apaixonado...
miranda, miranda, miranda...
Manda para dentro da mala.
vida em risco

interrompo aqui os planos para o meu casamento para relatar algo que me aconteceu esta noite e que pôs a minha vida em risco.

estava eu, num bar, a curtir a minha exemplar sobriedade quando, de repente, uma rapariga sobe para cima da mesa que se encontrava atrás de mim e começa a dançar como alguém que tinha uma amiba dentro das cuecas: era uma dança louca e totalmente desmedida; o estado da jovem era ébrio, fodido direi mesmo. por várias vezes a minha vida esteve em risco, visto que a acima assinalada jovem se debruçava sobre mim fazendo com que os seus peitos tocassem na minha cabeça. gesto deveras agradável, ressaltando apenas o pequeno pormenor que a dita jovem sofria de elefantíase mamária. sofri com o peso e com a falta de ar sob o peso daquelas portentosas mamas. sobrevivi, e fiquei a pensar:

se fossem mais pequeninas...


Manda para dentro da mala.
piada intelectual

se o são francisco de assis fosse vivo nos dias de hoje, de certeza que faria parte da 'green peace'

um momento religioso no nosso blog
Manda para dentro da mala.

terça-feira, abril 06, 2004

Acho isto bastante triste!!!
É sempre a mesma coisa. Quando se trata de dar um número de telefone para receber chamadas a confirmar qualquer coisa, é sempre o homem que o dá. Um homem tem que se lembrar da hora do jogo, de comprar cerveja e amendoins, cuidar da unhaca multifunções, e ainda lhe atiram com a responsabilidade de saber quem vai à merda do casamento ou não? Qual seria o problema de imprimir, no convite de casamento dos nossos amigos, o número de telefone da Miranda? Afinal somos todos amigos, não? Quem sabe ela não encontraria assim algo melhor???

Bem, agora que já expressei este meu descontentamento com esta situação, gostaria apenas de vos deixar o meu testemunho acerca das sensações que esta mala contém. Reparem bem na carinha do Gabriel a olhar cá para dentro. O que será que está a ver? Ao certo não sei, mas não deve ser coisa boa…

Aquele abraço!


Manda para dentro da mala.
Por enquanto, neste canto da blogosfera há apenas um sportinguista (há mais convites feitos a sportinguistas que estão ainda por aceitar). E como ele nem sequer está em Portugal e, consequentemente, não se pode defender, presto aqui uma singela homenagem ao clube do meu coração, aos outros amigos adeptos e a pessoas de quem temos saudades.




(O señor Camacho que me perdoe)
Manda para dentro da mala.
Eu não queria entrar aqui a dizer mal, mas tem que ser, tem que ser pá!!!
Primeiros tava a ver que não conseguia registar-me... até para me registar no jornal record e jornal ocasião, onde eu retiro elementos fundamentais para o meu EA, foi mais fácil.
Segundos, sou logo confrontado com um casamento que não lembra a ninguem... mas quem é essa Super Nita para organizar casamentos? Estará ela a querer ser a Jennifer Lopez Portuguesa? Ora vejamos: Começa por marcar o casamento no dia 7 de Setembro, isto só pode ser para gozar com quem trabalha, ou não fosse uma Terça-Feira. Despois marca o casamento de uma Super Star em Portalegre, se ela se lembrasse dos amigos marcava o dito cujo lá para as Américas...
É obvio que irei com todo o gosto, na certeza porem que não será essa Super Nita a organizar a minha boda com a Julia Roberts!!!
Tenho dito...
Manda para dentro da mala.

segunda-feira, abril 05, 2004

lucky she

sou realmente um gajo cheio de sorte: vou-me casar com uma das actrizes mais bonitas da actualidade, mereço os parabéns. foi necessária uma audaciosa e ardilosa conquista para levar a água ao meu moinho.
sou mesmo um gajo giro, interessante, inteligente, perspicaz, audaz, e tudo mais; em resumo, aquilo que qualquer mulher gostaria. mas este belo corpinho não é para todas, portanto cabe-me também anunciar que a feliz contemplada com o deleite do meu corpo é a miranda otto. mas não chorem as outras, concerteza haverá mais alguém (nem que seja um preto leproso desdentado) digno do vosso amor. se não existir, vão para um convento, ouvi dizer que as carmelitas da aveiro são o máximo.

pequena nota: a recepção será dada no curral da nora, não no leitão, como expresso no convite.
quaisquer reclamações devem ser endereçadas à SuperNita, Organização de Eventos.

agradecendo desde já a vossa comparência
Manda para dentro da mala.
A pedido de muitas famílias, moi (também conhecida como Fazedora de Sonhos), apresenta o acontecimento mais esperado deste mês de Setembro.


Manda para dentro da mala.
Apenas escrevo agora, para dizer que não escrevo.
Ainda me falta inspiração para este tipo de coisas.
Mas sem duvida alguma, que é muito mais fácil 'escrever' do que 'dizer'
Manda para dentro da mala.
coisas da língua portuguesa

eu escrevo com minúsculas por opção, não por desconhecimento da norma. isto é um recado a todas as pessoas aborrecidas que me fazem reparos sobre isso. fazendo das minhas palavras, minhas de novo: seus retrógrados anti-neo-formais, todos vocês.

téum-pata-cuéum
Manda para dentro da mala.

domingo, abril 04, 2004

é triste

ver como dois amigos se ofendem por estar num estado podre e degradado. suponho que agora estejam todos: "desculpa lá pá" "pois é" "amigos para a vida" "e coisa e beca e tal" "um gajo bebe uns copos".
mas nada poderá repor o sofrimento moral que os outros que ouviram tiveram que suportar ver dois dos melhores amigos quase engalfinhados à pancada.
mas agora já são de novo amigos, de certeza que estão de fato-treino, com a bola debaixo do braço, a beber café e a comentar que o pinto da costa é um merdas e o dias da cunha é um bacano. daí: amigos, não prendam o tóni dentro de vós, soltem-no, deixem-no ser livre; exemplo: "o amigo tem que ver, se o amigo faz isto e coisa e tal, prontos!, o amigo tem que ver que é assim".

daí a criação de um movimento que vos protege: M.O.T.O., Movimento Ordinário do Tóni Ostracizado.
o contacto é 0641 964 964. não receiem, tudo é confidencial, nada sairá de dentro da M.O.T.O..

não tenham medo, soltem o tóni dentro de vós. deixem-no espraiar a sua felicidade de português!
Manda para dentro da mala.
estatutos:

para ser um bom tóni, tuga, o que quer que seja tem que se respeitar determinadas regras, não se pode só querer ser e pronto. eis as características que um bom tóni tem que ter para fazer parte da M.O.T.O.:

1. ser homofóbico;

2. ser racista;

3. ser do benfica;

4. ser arruaceiro;

5. gostar de prostitutas estrangeiras;

6. ler "a bola";

7. dar palmadinhas no rabo dos outros jogadores quando joga futebol;

8. gostar da cerveja sagres;

9. ter barriga;

10. ter bigode;

11. dizer mal do pinto da costa;

12. espancar a mulher e/ou namorada;

13. gozar com as minorias limitadas.


bem-vindo à M.O.T.O. amigo tóni...

Manda para dentro da mala.



Não se deixe apanhar pela televisão.
Manda para dentro da mala.
claramente diferente é o estado de cabeça de cada um! quando alguém acha que dizer "não vou já... por isso até já" não faz sentido, é porque: a) está com copos a mais; b) está bem disposto; c:) acha que se falar daquilo com alguma paparuca, ela há-de ir metê-lo num blog que tem o mesmo nome do bar onde se embebeda todas as noites sem vergonha nenhuma na cara...!
claro que é a c. esta cena da provocação pública estava toda prevista desde que puxei a conversa no 9. tava mesmo naquela, quando estava a vir para casa: "chego a casa, numa de ir descansar, de dormir, que sou um gajo responsável, e ainda tenho de ir dar explicações à paparuca acerca do até já e não sei quê. fodass, uma pessoa não tem descanso na vida".

tenho 1 amigo que é o sérgio e prometi-lhe menção honrosa na primeira coisa que escrevesse aqui:
porco, javardo, ordinário, cabrão, puta de monsanto, preto da cova da moura, cheiras a cebola e a raspas de queijo.
agora, mesmo que não queiras, é bom que vás ver o mail pa te poderes inscrever aqui e responderes.

daqui a bocado vamos para espanha. olé!!
Manda para dentro da mala.
Antes que me deixe dormir.. O Eustáquio disse a alguém 'Não vou já. Por isso até já'. As duas palavras iguais não significam o mesmo quando usadas em expressões já feitas. O período de tempo definido por cada uma delas é claramente diferente. Gramática e sintaxe às 3:38 da manhã são garantia de diversão.
Manda para dentro da mala.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?