<$BlogRSDURL$>

quarta-feira, julho 28, 2004

smashing you.


bem, bem, tocámos num ponto sensível...
há uns poucos de anos que os The Smashing Pumpkins deixaram de ser a minha banda preferida, e várias são as razões. ao longo do tempo fui conhecendo outras coisas que me foram fazendo perceber que é demasiado redutor eleger uma banda como preferida. o ecletismo permite-nos ver que há muitas formas de música possíveis e que a determinado ponto é impossível ter uma banda preferida porque inúmeras são as bandas de que gostamos de uma forma especial.

apesar de terem tido uma duração de metade do tempo dos xutos, é-me, no entanto, muito fácil superiorizar os The Smashing Pumpkins aos xutos. não precisaria da sua discografia completa, apenas de um álbum de 28 faixas intitulado Melon Collie And The Infinite Sadness. desde o épico Tonight Tonight, ao poderoso Zero, andando por meandros psicadélicos em Porcelina Of The Vast Oceans e Thru The Eyes Of Ruby, até um final pleno de doçura com Farewell And Goodnight. mais, este nem sequer é o seu melhor álbum, isto na minha humeilde opinião.
e durante a sua carreira como banda, conseguiram viajar por diversos géneros musicais, coisa que os xutos jamais saberão fazer. a música dos xutos foi sempre igual, será sempre igual, nunca saberão evoluir porque não sabem como, nem nunca saberão; e tristes serão as pessoas que continuarão a elegê-los como banda preferida

e não, não é um engodo para afastar da conversa do bidé, aliás, ainda têm que comer muito pão para poderem julgar os meus hábitos de higiene. e volto a repetir: deveria ser gozada a falta de asseio e não a sua presença.




obrigado pelo Not Worth Asking.
Manda para dentro da mala.
Realmente....

A continuarem a escrever post destes, tenho que manter a minha participação activa.
Enganem-se os que pensam que venho aqui defender a maior banda Portuguesa de todos os tempos. A vasta carreira desse grande grupo diz tudo. 25 anos de grandes músicas desde o "Semen" até por exemplo "Um pequeno pormenor". Recentemente condecorados como comendadores por Vossa Excelencia o Presidente da Républica, etc, etc. (poderia estar aqui até as 17h30, hora de saida do CEPRA, mas perfiro bater mais um record num jogo qualquer do miniclip.com).

Simplesmente venho aqui (eu não queria) analisar mais uma triste publicação desse Gafanho Maroto!! Mas o que pretende esse senhor com este post? Será que é para lançar uma polémica e fazer esquecer as suas investidas ao bidé? Será para fazer esquecer a sua banda preferida que terminou a curta carreira com um espectáculo vergonhoso no estádio do Restelo? Ou gosta assim tanto dos meus posts que me obriga a participar no blog? (Não preciso de resposta, a pergunta fica no ar!)

Por momentos ainda fiquei surpreso com a quantidade de comentários favoráveis ao post do Gafanhoto, mas depois de uma pequena analise tudo ficou explicado. Primeiro comentário foi de um tal Buda que teima em não se identificar, assim sendo não me diz nada. O segundo é da Super Nita (por acaso tive um discução com ela sobre esta grande banda minutos antes da publicação, será coincidência?), vindo de uma pessoa que andou a ouvir uma cassete de Xutos dias a fio e conhece as musicas todas de cor não tem qulquer valor. Mas o melhor está para vir.... AMIGOS: O Gafanhoto comentou o próprio post!!!! Ao que chega o desespero deste rapaz.

Pois é Gafanhoto Maroto, após mais uma jornada tua neste blog só posso concluir que tu tens:





Manda para dentro da mala.

terça-feira, julho 27, 2004

digam-lhes não de vez!



por favor, parem de lhes comprar álbuns, deixem-nos morrer à fome, ficar afónicos, não vão aos seus concertos, destruam o merchandising, deixem-nos ter overdoses, morrer de vez... e por favor, por favor...


DIGAM-LHES NÃO DE VEZ!!!!!!
Manda para dentro da mala.
a ver navios.


meus caros amigos, sei que no passado sábado as coisas não me correram de feição. foi mais um copinho, outro e outro e.. vocês estavam lá, sabem o que aconteceu.

no entanto, nos poucos laivos de consciência que tinha lembro-me de vos ouvir (porque ver foi para esquecer) falar comigo a perguntar se estava tudo bem. apesar de não ter tido reacção, não podia estar melhor. apanhei boleia de uma barquinho, mas é mesmo barquinho até um sofá.



e mal tinha entrado no barco, percebi que tinha também chegado ao paraíso. e verão porque eu ignorava o Capitão Alvorada, Sr. da Batata Roxa. dentro do barco, eis o que se passava:



por isso adormeci-me no sofá entregue ao sono dos justos e dos audazes, lamentando ter deixado os meus amigos tão cedo.
peço desde já as minhas desculpas.


da próxima podem vir também no barquinho, mas que seja mesmo cutty sark : )
Manda para dentro da mala.

segunda-feira, julho 26, 2004

Errata

Onde se lê 'Potugal' na fotografia do último post, deve obviamente ler-se 'Portugal'.


Manda para dentro da mala.


 
Para mais tarde recordar :)


Manda para dentro da mala.

domingo, julho 25, 2004

obrigações.


está visto, vocês são mesmo porcalhotos. mas pronto, são meus amigos e como eu não vos ando a cheirar o rabo, não me importa que as coisas decorram como têm decorrido a até hoje.

mas como vosso amigo, sinto-me na obrigação de vos avisar dos perigos que incorrem se mantiverem esse hábito preverso. espero que daqui por diante sigam os meus conselhos e que não levem a coisa a este extremo.



meus caros, não quero que cheguem a este ponto, quer seja pela falta de higiene ou por excesso de bebida.


(uma pergunta, vocês têm vida própria? é que passam o tempo a dissertar se eu lavo o rabo depois da dita cuja função. começo a ficar preocupado)
Manda para dentro da mala.

sábado, julho 24, 2004

Olá, olá!! Aqui estou eu de volta! (que alegria da vossa parte)

É verdade que andei afastado, mas ao contrário do que diz outro post eu sim tenho desculpa. Sou o ÚNICO, isto é, APENAS eu trabalho, ao contrário do resto dos bogistas que são uns autênticos parasitas da sociedade nos quais o estado anda a gastar (indevidamente) dinheiro na sua educação!

O meu regresso vem na linha dos outros post por mim publicados. Nada de polémicas e andar a dizer mal deste ou daquele, eu não sou desses nem me deixo influênciar.
Assim, venho apenas noticiar a mais recente descoberta do agente 004,5 austin powell. Este super agente secreto, andou a investigar e eis que descobriu um projecto de uma moradia, denominada Vivenda BIDÉ em nome de Gafanhoro Maroto, que deu entrada no departamento de urbanismo da Câmara Municipal de Portalegre. Este projecto encontra-se em fase de aprovação por parte da referida câmara, mas parece estar complicado devido a alguns (muitos) promenores nada habituais nos projectos de moradias.
O agente 004,5 fotografou com a sua micro-máquina-fotográfica a planta dessa vivenda, a qual disponibilizo aqui.



À primeria vista parece um projecto normalissimo, mas reparem na quantidade de bidés que a moradia tem! Já não basta haver bidés pela sala,cozinha, quartos e hall, ainda e mais macabro, existe um bidé na lareira e se isso não bastasse a piscina é em forma de bidé. 
Esta descoberta só vem aumentar a suspeita sobre o menino Gafanhoto Maroto da sua pancada por bidés.

Entretanto, e segundo informações da agencia Musa, parece que a pancada do Gafanho Maroto está a tomar proporções enormes. Se dantes não havia cagada que não tivesse viagem paga ao bidé, agora qualquer, por pequena que seja, libertação de gases pelo recto (vulgo peido, bufa, traque, etc) dado pelo Gafanho leva-o ao bidé!  
Só assim se justifica a colocação de bidés em todas as zonas da casa. Pois se ele libertar os gases na sala não necessita de se deslocar à casa de banho para "ir ao bidé". 

Seja na sala a ver TV, 
seja na cozinha a cozinhar,
seja no quarto enquanto dorme
ou até na chaminé se a estiver a limpar!!!!!!!



Manda para dentro da mala.

sexta-feira, julho 23, 2004

do princípio ao fim.


os meus posts anteriores referiam-se à constante falta de participação neste blog, que aquando a sua criação todos pareciam entusiasmados. apesar de me ter sido movida uma cabala (palavra tão em moda nos dias que correm) fico feliz, cumpri o meu objectivo: fui alvo de um ataque em várias frentes.

e isto animou-se. fiquei um pouco aborrecido com o que foi dito acerca de mim; enfim para quem me pergunta porque portas e travessas é que me outorguei juiz para julgar as participações no blog e desculpar duas ausências, pergunto eu agora, quem é que te outorgou juiz para discernires sobre os meus hábitos higiénicos?

mais ainda, na altura (e apenas provisoriamente, visto que qualquer um de nós o pode fazer) eu era a única pessoa que escrevia no blog. foi isso que me deu autoridade, e repito, provisória, para vir fazer todos aqueles reparos.


e como não sou desprovido de inteligência prática também dediquei um pouco do meu tempo à procura da história da Gazela, dos seus tempos de vampiro, aos de super-herói.. até que se remeteu ao silêncio, visto que não tinha nada para dizer. mas isso fica para depois.



Uma Breve História da Gazela dos Assentos - By Hans Christian Ceia


"Veio ao mundo a Gazela dos Assentos sob uma forma bastante peculiar, uma forma peluda que ninguém esperava que uma gazela assumisse. Comparavem-na mesmo ao Toni Ramos, tal era a penugem que se espraiava pelo seu corpo.



Bastante preocupada com o seu aspecto, fugiu para as Américas do Sul onde descobriu parte da sua herança e vocação, uma mescla de vampiro com cão, uma 'Chupacabra', filha dos deuses Quetzalcoatl e Huitzilopochtli. Era o terror das regiões mexicanas, o pânico dos pastores de cabras, tais eram as suas chupadelas. Continuava longe de ter uma aparência de gazela.



Após as suas desventuras no México, tornou-se mais civilizada e fez uma descoberta que iria para sempre mudar o rumo da sua vida. A gazela era um ele! Debatendo-se com problemas psicológicos dos mais profundos e após tantas chupadelas feitas no México, foi encontrar refúgio espiritual no mestre Pai Mei, que tal como meses antes tinha ensinado Beatrix Kiddo, ensinou-lhe as manigâncias das artes marciais orientais. Mas decidido a limpar o seu nome, usa os ensinamentos de Pai Mei para se tornar um super-herói: O Super-Gazele (já que não podia ser ela). E rumou ao norte da América, decidido a pôr fim a todas as injustiças perpretadas por G. W. Bush.



Cansado de tanta luta, de tantos vilões, de tantas prisões a abarrotar, de ter perdido para a morte o seu amor Lois Lane, o Gazele dos Assentos decidiu mudar-se para Portugal, Lisboa mais precisamente. Trabalha, hoje em dia, como arrumador, meio perturbado pela sua vida atribulada, qual stress-pós-traumático. Stress este que fez com que desenvolvesse uma doença semelhante à do Michael Jackson, uma despigmentação da pele. Assumiu-se com o nome de Tóni e a sua frase mais recorrente é: 'Destroce, destroce tudo.'
A última vez que foi visto tinha este aspecto:



Se o avistarem não se aproximem, pode ser perigoso.
E esta é a história de um super-herói que nesceu para o mal, redimiu-se abraçando a causa nobre da luta pelo bem, e vive agora na pacatez do anonimato"

assim falou o Avô Miguel.
Manda para dentro da mala.
Meu caro Gafanhoto Maroto,


com que então, dás o benefício da dúvida, preferindo que chovam ofensas contra este meu post, a morrermos todos sob este marasmo dos ares alentejanos que se impregnam nos ossos e espalham a modorra pelo corpo (post de 20 de julho, 3:30 da manhã)...
primeiro, e desculpa se não lavei a boca e aprendi português literário antes de vir escrever para aqui, não percebo porque portas travessas te outorgas juiz deste blog. com que direito vens tu, Gafanhoto, sentenciar que as desculpas da Trotoneta e da Super-Nita são aceites ao passo que isso não desculpa os outros amigos? talvez o erro seja meu por ainda não ter capacidade de compreender a dinâmica da coisa e estar a tentar interiorizar no meu intelecto a natural hierarquia do mundo que me rodeia, contigo no topo e eu e os amigos lá por baixo, a vaguear pela base.
mas acredita porque eu acredito também: com tempo, a coisa vai lá e se não for hoje... há sempre mais dias que chouriço!
 
houve por aí umas revelações EXTRAORDINÁRIAS... ficámos a saber (tchan, tchan, tchan, tchaaaaaaaaan...) que o Gafanhoto se passa pelo bidé mais vezes do que aquelas que a maioria dos blogistas aqui presentes podiam supor! ah pois é! não há cagada que não tenha viagem paga ao bidé, ao chuveiro ou à caixa das dodot (a ocasião é que dita as regras e o destino do santo rabo depois de enviado o fax).
mas como marasmos e modorras não são para nós, investigámos e fomos mais longe! sim, porque não nos queremos confundir com esses seres inactivos que deambulam pelas ruas desta nossa pequena e inerte cidade, impregnada dos ares alentejanos, e que tanta e tão boa gente têm morto às mãos da sua servil ociosidade que a todos conspurca e enche de dó.
 
relatório sanitário (C.I.A. - classified)
 
bidé - s. m. bacia oblonga para lavar as partes inferiores do tronco (Do fr. bidet, «id»)
(Dicionário da Lingua Portuguesa, Porto Editora, 8ª Edição)
 
os primeiros passos na vida de um rabinho fofo e fresco, como os donuts - foto captada pelo agente 004, bud allright, escondido num armário dentro da casa de banho do suspeito, Gafanhoto Maroto. já é possivel ver a cara de alegria do bandido quando está dentro do bidé. esta foi a prova de q a CIA precisava para o apresentar em tribunal como um dos gajos mais cagões à face da terra.


aos 37,5 meses. não havia bidé e as dodot eram coisa por inventar: o pequeno Gafanhoto passou um mau bocado.


painéis apreendidos pela CIA e que se julga terem sido colocados pelos pais do jovem quadrilheiro nos wc’s de casa para evitar que lavasse as ventas no mesmo sitio onde passava o rabo por água.
 


poster fotografado pelo agente 021, fox mulder, no quarto do Gafanhoto: johny capo sentado no bidé (por esta foto dá para ver o cenário todo. confesso que ainda não me habituei à ideia, mas deve ser como lavá-lo a primeira vez nessa bacia oblonga: primeiro estranha-se (a água, claro), depois entranha-se (continuamos a falar de água) e, voilá, temos um rabito limpinho e a cheirar a rosas).
 


prova n.º 1 a ser apresentada em tribunal: projecto de um bidé assassino com esguincho de água tri-dimensional projectado à retaguarda pelo sistema de vácuo XP-32, o mesmo que foi utilizado por Saddam Hussein quando foi encontrado no buraco, a lavar o rabo nas mesmas condições.


- THE END -
 

Manda para dentro da mala.
Simples Amigo Vs Amigo Verdadeiro Vs Amigo do Caralho:

Um simples amigo traz uma garrafa de vinho para a tua festa;
Um amigo verdadeiro chega mais cedo, ajuda a cozinhar e fica até mais tardepara ajudar a limpar;
Um amigo do caralho faz isso tudo, e ainda bebe todas as garrafas na tua festa, vomita no tapete da tua mãe e dorme atrás do sofá até segunda-feira de manhã quando a empregada o encontra.

Um simples amigo odeia quando lhe ligas depois de ele já estar a dormir;
Um amigo verdadeiro pergunta por que é que demoraste tanto para ligar;
Um amigo do caralho pergunta se estás a virar bicha, pra estares a ligar àquela hora e manda-te ir dormir e curar as tuas mágoas com vodka.

Um simples amigo procura-te para conversar sobre os seus próprios problemas;
Um amigo verdadeiro procura-te para te ajudar com os teus problemas;
Um amigo do caralho procura-te, ajuda-te com os teus problemas, dá-te dois cachaços e ainda te leva prá noite e paga-te os copos.

Um simples amigo, quando vai a tua casa, age como uma visita;
Um amigo verdadeiro abre o frigorífico e serve-se sozinho;
Um amigo do caralho abre o frigorífico, serve-se sozinho e ainda refila porque não há o que ele queria.

Um simples amigo pensa que a amizade acabou depois de uma discussão;
Um amigo verdadeiro sabe que não é amizade enquanto não houve nenhuma discussão;
Um amigo do caralho chama-te nomes, fode-te a cabeça, enxota o teu cão, dá-te porrada, mas tá tudo bem.

Um simples amigo espera que estejas sempre lá para ele;
Um amigo verdadeiro espera sempre estar lá pra ti!;
Um amigo do caralho espera por ti durante duas horas até ficar revoltado. Vai à tua casa casa... chama-te nomes, volta a enxotar o teu cão e dá-te porrada outra vez. Mas tá tudo bem na mesma!

Manda para dentro da mala.

quarta-feira, julho 21, 2004

pois é. não é.


apraz-me saber que o meu último post surtiu algum efeito. meu caro Cosmonauta-futuro-engenheiro-físico-tecnológico, há sempre alturas assim. no entanto não desanimes, porque como parte dessa grande instituição que são os Profetas Pipistas, imbuídos na mais recônditra sabedoria oriental, tenho um ditado vietnamita ideal para a tua situação:

"estás triste, vertes uma lágrima e ninguém repara. estás feliz, esboças um sorriso e ninguém repara. estás indeciso, escreves um post e ninguém repara. estás apaixonado, ofereces uma flor e ninguém repara. experimenta a dar um peido"

para muitas situações este ditado aplica-se. mesmo que aparentemente não solucione os teus problemas conjunturais, se te peidares, de certeza que vais experienciar uma sensação de alívio, nem que seja pelo ar que saiu e estava a pressionar o teu recto.

à laia de final, escrevo também em resposta à tua pergunta: "SW?" claro que sim, nem aquilo se fazia sem nós.


um abraço Pipista.
Manda para dentro da mala.
Estou a um passo de me tornar aluno finalista da licenciatura em engenharia física tecnológica. Falta-me apenas a vontade e a convicção. Porque a cabeça ... já a não a tenho ... fritou!!
Ainda não sei o que vou fazer para o ano que vem. Não sei que cadeiras escolher, pondero ainda a possibilidade de mudar a professora orientadora, mas pior ainda é estar com medo do que ai vem. Todos têm razão para ficar surpreendidos quando digo que o meu curso dá para qualquer coisa. Mas é verdade, dá mesmo! Vivia menos angustiado se estivesse a preparar uma profissão. Em vez de me preparar para qualquer coisa que não faço puto de ideia em que poderá dar.
Estou mesmo em pânico, acreditem que não finjo. Acabo de chegar de um daqueles jantares que servem para comemorar sempre alguma coisa estúpida.
Desta vez não foi assim tão estúpida. Das 44 pessoas que tal como eu escolheram este curso, vivem <20 que se propagam pelo 1/2/3/4/5º ano. Mesmo assim, destas 20, tiramos 33% que seguramente acabam o curso muito tarde (chamo tarde a gente com mais de 10 anos de ist). Fazendo uma estimativa - passo a vida nisto! - devemos ser ~12 pessoas que acabam o curso este/próximo/pos-próximo ano. 3 acabaram hoje. Juntaram-se a mais 4 ou 5 dos outros anos anteriores - os tais que se vão perdendo ... ou encontrando. O jantar era para saudar os mais novos engenheiros de Portugal com um grande ... IUPI!!!!
Tenho andado afastado da blogosfera, é um facto. Nunca consigo por em escrita aquilo que me vai no espirito, normalmente lembro-me de uma infinidade de coisas mas a preguiça vence. O subconsciente também.
Espero em breve partilhar a vossa companhia, ao som do belo estalar da mini. E respirar esses ares alentejanos para me impregnar à grande.

PS - SW?!




Manda para dentro da mala.

terça-feira, julho 20, 2004

Marco Paulo
 
 
 

 
 
 
E esta não é, nem de perto nem de longe, a melhor prova daquela noite de Abril ;)

Manda para dentro da mala.
os ares do alentetejo


os ares do alentejo começaram a ficar impregnados nos nossos dedos, cérebros, teclados, imaginação(?)
muito tempo vai desde que alguém escreve aqui algo decente, eu incluído. as desculpas da Trotoneta e da Super-Nita são aceites, pois a sua ausência é devida a motivos de força maior. (por acaso conheci alguns dos amigos de Newcastle, "nice chaps, by the way"; yesh, mish moneypenny?)
no entanto isso não desculpa os outros amigos que segundo me parece se encontram todos vivos, mas que teimosamente se têm ausentado da blogosfera. aquando um pequeno inquérito a cada um deles, as respostas maioritárias foram falta de paciência e afins; mas quer dizer, se era para ser assim, não era.
desta dou o benefício da dúvida, preferindo que chovam ofensas contra este meu post, a morrermos todos sob este marasmo dos ares alentejanos que se impregnam nos ossos e espalham a modorra pelo corpo.

*bocejo*


Manda para dentro da mala.

sexta-feira, julho 16, 2004

Bem, eu e a Trotineta andamos a passear um grupo de Newcastle que (com muitíssima pena nossa parte já amanhã) e não temos dado atenção aos amigos portugueses. Mas nada implica que não se tenha saudades de todos. Especialmente do Gazela, que esteve exilado na Turquia durante duas longas semanas. Ele já está de volta e nós estaremos de volta amanhã. Talvez completamente fora das nossas faculdades e rendidas a uma média de sono de 3 ou 4 horas por noite. Até ao nosso regresso :)

Manda para dentro da mala.

domingo, julho 11, 2004

se não sou eu..


o computador está arranjado, e para por fim à tristeza da Super-Nita, estou de volta. estive ausesnte por razões que me foram superiores mas agora estou de volta, e mais mau. ihihihihih..

foi muito tempo, nem sei por onde é que hei-de começar a reclamar.. ah!, porque é que não está ninguém no msn agora que eu lá estou.. argh!!! mas isto não pára aqui, a partir de agora vai tudo piar muito fininho. ponham-se a pau.

ok, fica o post, retomarei novas entradas com as peripécias estivais nocturnas.

i bid you a fond farewell
Manda para dentro da mala.

sábado, julho 03, 2004

(olha à volta)

Alguém aí? Pessoal?

(desconfia de tanto silêncio)

A Gazela está em território assolado por atentados (vulgo Turquia), o Cosmonauta desaparecido em parte incerta, a Trotoneta ocupada com os novos afazeres de Rainha do futebol feminino do Norte alentejano, o Gafanhoto nem computador tem e o Piston deve estar demasiado ocupado a namorar. O blog está muito vazio assim. Pessoal, isto faz eco-u-u-u-u-u.

Onde é que anda toda a gente?
Manda para dentro da mala.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?