<$BlogRSDURL$>

sexta-feira, dezembro 31, 2004

Para desanuviar ou O.S.T. 

No seguimento do filme "O Céu é o Limite, o Chão é o Escarradouro", fui confrontado com inúmeras críticas, chamando-me homofóbico. Muito pelo contrário, elogio e recomendo este filme, porque representa uma mudança de costumes na nossa sociedade tão fechada a este tipo de coisas.
Aos dois, os meus parabéns pela assumpção da vossa sexualidade.
E aproveito para recomendar o single do filme, que contém três faixas de indiscutível qualidade

1. Village People :: Y.M.C.A.
2. Culture Club :: Do You really Want To Hurt Me
3. George Michael :: Amazed

Espero que tenham um bom ano, entre muitos beijinhos (como qualquer casal, aliás) e tudo de bom. Dancem muito ao som do single do vosso filme.
Manda para dentro da mala.

segunda-feira, dezembro 27, 2004

O Horror 

Epá, meus amigos, sejamos francos... Era preciso isto tudo?



Tá bem que a Terra sente uma comichãozinha nessa zona de vez em quando (uns massacres na Indonésia, uns desentendimentos entre a India e o Paquistão, uns ataques de turismo massivo nas Maldivas) mas castigar as pessoas com uma coisa destas foi demais...

*snif*

Manda para dentro da mala.

O Regresso do Capitão Alvorada Y Su Muchacho 

Rivalizando com o "Capitan Sky and the World of Tomorrow" o nosso mui amigo Capitão Alvorada protagonizou um filme conhecido de apenas alguns, mas que decerto será um sucesso "O Céu é o Limite, o Chão é o Escarradouro".
Transformado em filme de culto antes da sua estreia, este filme conta com a participação especial de Çapo numa nunca vista cena homossexual no cinema português, em que os dois, entre abraços e beijinhos, declaram o seu amor.
Sem dúvida, estas duas estrelas farão parte do próximo número da "Spartakus", assim como brilharão no universo gay português.
Meus amigos, relançaram Portugal no roteiro gay internacional com a vossa saída do armário.

Manda para dentro da mala.

Viva o luxo! 

A pedido de uma família:


Manda para dentro da mala.

sábado, dezembro 25, 2004

a crise chega a todos 

meus amigos e minha amigas,

aproveito, também, para vos desejar um feliz natal.
comam muitas couves que é bom para o peidinho mas tenham atenção ao bacalhau que, reza a lenda, começa a estar em vias de extinção. e atenção, vieram agora dizer que Portugal é, a seguir à Noruega, o pais do mundo que mais contribuí para o desaparecimento das espécies marinhas...
até ao bacalhau, meus amigos, peixe ancestral e tão tipicamente português (tal como o eucalipto) a crise chegou!
Manda para dentro da mala.

Espírito Natalício com Bigode Motard 


(Çapo, já só faltam cinco dias.)

Manda para dentro da mala.

sexta-feira, dezembro 24, 2004

Não gosto do natal, não acredito no natal, não suporto as pessoas felizes no natal, não aguento a hipocrisia que reina no natal, odeio as prendas merdosas que se oferecem no natal. Quando quero uma coisa não preciso de desculpas para a comprar, da mesma maneira que quando quero oferecer alguma prenda não preciso que seja a "época de dar e receber". Para não falar do lixo que são 90% do que se oferece. Se há coisa que me dá um gozinho especial é oferecer coisas fixes ... e magoa-me saber que é regra não pensar assim ... seja.
Bem, simplesmente quero que passem uma noite de natal fixe com pessoas de quem gostam e que acima de tudo gostam muito de vocês. É só hoje ... mas é importante que seja hoje.
Obrigado pela atenção.
Manda para dentro da mala.

Espiritualismo Nepalês 

Vocês sabem que eu não gosto muito do natal, quer dizer, nada mesmo.
Mas gosto de vocês.
Por isso, deixo aqui esplícito que espero que tenham um bom natal e muitas prendas, especialmente daquelas que são transparentes e vêm em garrafas de 0.1l.

Beijinhos e abraços.
Assim fala o Buda.
Manda para dentro da mala.

Os votos de uma heroína 

Eu, Super Nita, conhecida pelos meus poderes no domínio... erm, não sei bem em que domínio mas nalgum deve ser... Bem, dizia eu que vos desejo a todos um Feliz Natal com muito bacalhau e couves e meias que alguém pensa que precisamos e muita saúde, que isso sim, é que é preciso. Encerremo-nos todos em casa para o tradicional dia sentados em volta de uma mesa, a enchermos o bandulho e a vermos os mesmo filmes de há 15 anos (animem-se os capitalistas com tv cabo porque há muita coisa jeitosa para ver!).

Boas Festas!

Manda para dentro da mala.

Festividades 

A todos vós meus amigos um grande e bom Natal.
Disse.

Manda para dentro da mala.

quinta-feira, dezembro 23, 2004

Uma tarde em casa 

Depois de sair e nem parar para beber um café, resolvi sentar-me frente à tv para matar saudades dos canais de cabo. Há quase um mês que não via televisão e apetecia-me vegetar um bocado. Foi assim que assisti a um momento de puro entretenimento no canal RTP Memória.



Um dos momentos brilhantes do Natal dos Hospitais de 1981 (nem sabia que essa bosta existia há tanto tempo)! Aquilo sim, era espectáculo com luz e cor e com qualidade (ouvem-se as locutoras constantemente e as indicações da regie enquanto os artistas actuam...). Nada como os bons velhos tempos...
Oh tempo volta pa trás...

Manda para dentro da mala.

Ah pois é! 

Como sou nerd e no fundo uma pessoa desocupada, resolvi mexer no template do blog. E agora, como podem ver, temos os nomes dos participantes em destaque e, como também podem reparar, a fazer uma escadinha... Eu sei, há uma pindérica que vive em mim.

(Este post de auto-crítica já dispensa quaisquer comentários de aprovação - do tipo "toda a gente sabe isso" ou "finalmente admitiste")

Manda para dentro da mala.

quarta-feira, dezembro 22, 2004

Lembranças 

E queria aqui dizer, faz favor, e queria aqui dizer, faz favor, que no sábado à noite caí e não me lembro.

Manda para dentro da mala.

domingo, dezembro 19, 2004

Eh lá!! Já dá para por titulos! 

Olá Amigos!

Estou muito feliz!
Muito mesmo. Acabo de saber que os acidentes não acontecem só comigo. Como já tive o prazer de partilhar com todos, este verão, parti um dente. Basta recordar o post de dia 30 de Setembro deste ano, onde está uma foto bastante explícita do sucedido.
Mas porque raio estou muito contente!? Terá sido uma cabala involuntária, ou talvez uma conspiração de dentistas brasileiros? Confesso que não sei. A verdade é que alguns membros desta mala sofreram perturbações com as coisas brancas/amarelas da parte interna boca. Começando pelo caro Buda, então Gafanhoto Maroto. Passando pela Trotoneta "10" Bataneta. Ou mesmo o tal de Bruxelas, A Gazela dos Assentos. Ainda aquele que não sabe de blogs Jonny Ventura, agora Capitan ALBORADA. Ou ainda o Eng. Piston Assassino. Sim todos eles tiveram problemas, tal como eu.







O desaparecido Cartor, como o nome sugere, é bom de dentes. Ou não tivesse ficado conhecido como o saudoso "Senhor Castor"



Obrigado amigos, a minha vida sem voces é uma seca! :D
Manda para dentro da mala.

segunda-feira, dezembro 13, 2004

Continuação 

A nossa guarda redes Iguita, já jogou no fim de semana que passou. O problema é que ainda não cagou o dito pivô causador de tantos outros problemas, e que já desistiu de o procurar. É que a Iguita andou a cagar para o penico a ver se achava o dito dente. Já lá vai uma semana e nada de pivô.
Conclusão: anda com um sorriso muito giro. É daquelas que tem uns dentes muito giros......... tanto um como o outro

Manda para dentro da mala.

sábado, dezembro 11, 2004

Opções Culinárias 

Não desfazendo o teu génio culinário - que várias vezes tive oportunidade de comprovar - venho aqui, mui humildemente afirmar que essa não é, nem de perto nem de longe, uma das tuas melhores criações. Como "conosseuir" (ou lá como se escreve) teria que fazer outras opções caso me apresentasses esse prato.
Trocaria, de bom grado, essa tua galinha berlinense, minada de cabelos da franja, decerto, por uma pacata refeição perto destas simpáticas pessoas, neste simpático local:



Super-Nita, faz-nos um favor, para evitares gastroentrites entre os amigos que dizes que tanto gostas, fica-te pela Tomatada. Não é por mal, é só mesmo porque é mais seguro.
Obrigado
Manda para dentro da mala.

quinta-feira, dezembro 09, 2004

A salivar num Tele Cafe 

Bem, sentada num Tele Cafe que se gaba de ser o mais barato da zona (tem ate sala para nao fumadores e, pasmem!, sala para mulheres - o que quer que isto seja...) olho desconsolada para p monitor tft modernissimo a minha frente e sinto-me uma inutil. Nao ha nada para fazer ou ha mas nao sozinha... Nao ter aulas com frequencia e nem sequer ter trabalhos de casa comeca a ter os seus efeitos em mim, porque me vejo desocupada grande parte do tempo. E portanto, ocorreu-me agora, neste Tele Cafe turco, que a unica coisa que me podia animar era ir para casa e cozinhar qualquer coisa. E dei comigo a salivar como o cao do Pavlov, a responder ao estimulo culinario. E mais do que isso, apetecia-me cozinhar para os amigos e vou deixar aqui uma receita livre ( a conselho do meu irmao mais velho), para quem quiser experimentar ou surpreender alguem. Pratos simples, nada de nouvelle cuisine sao a minha especialidade :)

Frango à Berlim (excepcionalmente, uso um acento aqui)

um frango pequeno (aqui e so o que ha...)
pimentos (das tres cores, de preferencia para alegrar a vista)
tomates pequenos
cenouras previamente cozidas
azeitonas recheadas com pimentos
rebentos de soja
sal e piripiri q.b.
molho de soja q.b.
alho q.b.
um pouco de oleo

O unico problema deste prato e que deve ser confeccionado num wok (um tacho grande, de origem chinesa, ideal para este tipo de misturas). Coze-se o frango previamente, para ser mais facil de desfiar. Pica-se o alho directamente para o wok, onde ja deitaram tambem o fio de oleo (vegetal, se faz favor!) onde vao fritar tudo. Deixa-se alourar o alho e de seguida juntam-se o tomate, as cenouras, os pimentos e azeitonas. Tempera-se tudo com o sal e o piripiri. Deixa-se o tempo q.b. para os legumes amaciarem e depois junta-se o frango. Deixa-se fritar em lume brando. Antes de servir, juntam-se os rebentos de soja e rega-se tudo com molho de soja. Pode acompanhar-se com um arroz com essencia de caril.

*nham*

Manda para dentro da mala.

quarta-feira, dezembro 08, 2004

frase bonita 

encontrei na escola uma frase bonita e venho partihà-la convosco, gostem ou não.

"porquê matar-se a trabalhar se podemos morrer de prazer?"
(pourquoi se tuer à travailler alors s'on peut mourir au plaisir?)

Manda para dentro da mala.

segunda-feira, dezembro 06, 2004

Caso insólito no CCD Desportalegre 

Qual não é o meu espanto quando ontem, dia de jogo do desportalegre, não vejo a nossa famosíssima guarda-redes 'Iguita' na carreira para ir para Elvas. O que se passou? Pois é.... Ia a nossa jogadora num dia à noite com a sua acelera quando cai e, por incrível que pareça, engoliu o seu dente pivô. Por causa desse maldito dente ficamos sem guarda-redes para um jogo muito importante, porque, disseram à nossa Iguita que ao dobrar-se para defender uma bola, esse mesmo dente podia romper algum tecido do estômago.
Felizmente uma bravíssima jogadora do desportalegre, a pequena Alex, aceitou o desafio de ir à baliza e, ainda mais felizmente, correspondeu muito bem a esse desafio não deixando entrar uma unica bola na nossa baliza, ganhando nós por 2 bolas a 0.
Quanto à nossa Iguita, desejo as sinceras melhoras e tenho de dizer:

«Tens de o CAGAR»

Manda para dentro da mala.

domingo, dezembro 05, 2004

Blogs e Cebolas 

Entre nós, parece que os blogs brotam do chão como cogumelos. Amigo nosso, convidado para iniciar este blog, recusou o convite em Abril último dizendo que não tinha tempo e trabalhava e não podia perder tempo com ninharias.
Ontem criou um blog; do contra, para variar. Para espalhar a polémica, para fazer estalar o verniz, para nos por em furiosas ilacções sobre o seu comportamento.

E se estou aqui a escrever isto é porque o cabrão conseguiu mesmo.

Como diria a Gazela dos Assentos: 'Cheiras a raspas de queijo, cabrãozão de merda.'
Manda para dentro da mala.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?